A CIDADE DE ITACARÉ

Itacaré é uma pequena cidade localizada na costa sul do estado da Bahia, a 150 km de Salvador [MAPA]

A primeira vista, Itacaré pode parecer com muitas outras pequenas cidades do interior da Bahia com casas coloridas e alguns vestígios da época colonial, mas o viajante não deve parar nesta primeira impressão. Ao se aprofundar ele encontrará em Itacaré um concentrado de tudo o que faz deste mundo um lugar bonito: lindas praias virgens, natureza exuberante e preservada, pessoas maravilhosas, comida deliciosa, tranqüilidade, e o mais importante, sol e ondas o ano inteiro.

Frequentada por surfistas desde os anos 80, a cidade hoje atrai todo tipo de gente em busca de praia e natureza. Aqui não faltam opções de diversão e lazer para qualquer idade.

Pode-se passear de canoa pelo Rio de Contas, tomar banho de cachoeira, pegar ondas em uma duzia de picos diferentes, percorrer um circuito de arvorismo no meio da mata atlântica, fazer Rafting nas corredeiras de Taboquinhas, caminhar de praias em praias pelas trilhas do Costão, ou simplesmente tomar um banho de mar nas praias próximas à cidade.

Assim é o dia-a-dia de Itacaré. Após um dia de praia, o programa é ver o por-do-sol na Ponta do Xaréu e depois passear pela rua principal, também conhecido como Rua da Pituba, para assistir a uma roda de capoeira, visitar as lojas dos artesãos locais e jantar em um dos vários restaurantes que servem pratos locais e internacionais.

Itacaré é animada durante o dia e esquenta realmente depois da meia-noite, quando as diversas tribos que frequentam a cidade se encontram nos bares da Orla e da Pituba para curtir e dançar reggae, forró, samba rock, eletro...

Marimbondo, Passagem, São Miguel, Pituba, Concha... São vários os bairros que compõem a cidade de Itacaré, cada um deles com pessoas, histórias e tradições diferentes. É nas calçadas das casas simples e coloridas do bairro do Porto de Trás que a “mainha” ensina o ofício de trançar cabelos aprendido com seus ancestrais quilombolas; na Passagem, no Centro e na Orla disputadas partidas de dominó reúnem gerações; na Pituba os sons dos restaurantes, bares e lojas se misturam ao movimento dos moradores e dos turistas.

Durante muito tempo, a história e subsistência de Itacaré estavam intimamente ligadas ao cultivo do cacau. O acesso difícil - mais de 50 km de estrada de terra - manteve Itacaré fora do tempo. Em 1998 o governo estadual implementou a rodovia BA-001, interligando Ilhéus e Itacaré. Hoje, a cidade recebe visitantes dos lugares mais improváveis do planeta que vem para ver de perto o que é que este pedacinho tão especial da Bahia tem.

CARACTERÍSTICAS

Itacaré pertence à chamada “Costa do Cacau”, limitando-se com os municípios de Maraú, Aurelino Leal, Ubaitaba, Uruçuca, Ilhéus e Oceano Atlântico. Está dentro da faixa de clima tropical, com temperatura média de 27ºC. Possui uma área de aproximadamente 732km² e seu acidente geográfico mais importante é o Rio de Contas.

A população do município é de cerca de 27.000 habitantes, sendo que aproximadamente 50% está concentrada na zona rural. A mistura de raças – entre índios, negros e brancos – que originou o povo brasileiro, pode ser vista nos traços dos nativos da chamada “nação grapiúna”, que é como Jorge Amado chamou, carinhosamente, a gente cativa desta terra.